CONJUNÇÃO MARTE E SATURNO EM ESCORPIÃO


Marte e Saturno estão se tornando cada vez mais próximos e no dia 25 de agosto, o aspecto se fará exato, atingindo sua energia máxima. 

Marte, representado pelo Deus da Guerra, é puro im
pulso, quer agir, sugere conflitos, violência, fogo, ferro em brasa, natureza que por alguns momentos pode até implodir em raiva/agressividade que ferve aparentemente baixinho enquanto prepara a imensa explosão.

Com isso, a estratégia e a diplomacia dão espaço para o desejo de dominação o que acaba estimulando os conflitos e o desejo pelo poder. A regra é clara: cochilou, dançou.

Saturno, o Senhor do Tempo, deixa claro que sem propósito e disciplina, não se alcançam os objetivos traçados. E é isso que pede o velho mestre: muito suor na fronte, de olhos bem abertos na estrutura que está sendo criada, muita responsabilidade e seriedade em tudo o que se faz. E consciência de que a tarefa é árdua, mas recompensadora, se fizer bem feito.

Juntos, o Deus da Guerra e o Senhor do Tempo são imbatíveis por conta principalmente da obstinação, uma espécie de TOC (transtorno obsessivo compulsivo) fruto do seu encontro.

Se eles decidem, eles vão. Marte abrindo caminhos e Saturno exigindo disciplina e estruturando, sem descanso.

Além do que já foi dito, ambos quadram com Vênus, aspecto desafiador para os relacionamentos e autoconfiança. Qual é o desejo, o que fazer com ele? Meus relacionamentos estão vivos? O que permanece? O que se vai?

Marte desbrava o terreno, Saturno constrói a casa.

Isso é desenvolvimento e produtividade, se usado com sabedoria.

Arrepios na espinha, intensidade máxima, disposição e perseverança.

Nos intervalos, canja de galinha, que não faz mal a ninguém!

E amém nós todos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sinta-se a vontade para postar sua opinão, ela é muito bem vinda!
Comentários ofensivos serão removidos.