OLHA PRÔ CÉU Quinta, 21 fevereiro.





OLHA PRÔ CÉU
Quinta, 21 fevereiro.


No final da manhã a Lua começa sua travessia por Libra.
Aí está alguém que apesar de poder estar fervendo por dentro, na medida do impossível, opta por se expressar de maneira amável.
Adora o chique, precisa de companhia e dos contatos sociais. Jamais faria nada que a deixasse numa situação em que suas maneiras não fossem apreciadas.
Cheia de charme, diplomática, não mede esforços para conter desafetos.
Casadoira, tem fé na existência da tal outra metade da laranja.
Precisa do outro, da parceria, do fazer junto.
A princípio nem deseja se aprofundar muito nas relações, mas solidão? Jamais!
- Depoimento pessoal:
Acho que em nenhuma encarnação tive a Lua em Libra.

Mônica Bergamo

Arte: Catrin Welz-Stein: Only for You

OLHA PRÔ CÉU - SOL ENTRA EM PEIXES






OLHA PRÔ CÉU
SOL EM PEIXES


Peixes constrói e ancora o mundo sobre os seus sonhos.
Abraça melancolias e tudo o que parece inaceitável para a maioria, pois sabe que a alma humana é muito maior do que a nossa compreensão geralmente apressada e tantas vezes superficial pode abarcar.
Peixes é o profundo entendimento do outro, é a compaixão que flui com as águas da sua imensa sensibilidade.
O seu símbolo são dois Peixes, cada um nadando em uma direção, sugerindo a dualidade existente entre seu entendimento emocional e ação no mundo.
Peixes cria, imagina, acredita, se ilude, fantasia e sabe naturalmente que espírito e matéria fazem parte da mesma unidade e é a partir daí que pulsa o seu coração.
Conecte-se com o seu Sagrado.
Mônica Bergamo

OLHA PRÔ CÉU SEXTA, 15 FEVEREIRO










E a Lua caminhou até Câncer, sua morada oficial.

Falar em Câncer nos remete, na sequencia, ao Arquétipo da Grande Mãe,  à nutrição emocional. Esta Lua sente tudo à flor da pele, turbilhão de emoções, furacão de lágrimas.  Sim, elas não saem mansas, saem fervendo, enlouquecidas!

A Lua em Câncer cuida, mas é preciso atenção para que este cuidar não seja uma curva, no exercício de cuidar de si própria. Ao cuidar tanto do outro, preenche seu vazio e sente-se acolhida também.

Do que é que você precisa? Você sabe de fato o que te acalenta a alma e os sentidos? O que te faz sentir segura, sem estar encolhida e sim ocupando espaços?

Equipada a sentir o que o outro sente, não confunda quais são os seus sentimentos do que não te pertence.

A pergunta que jamais deve calar neste coração e em momentos de Lua em Câncer no céu é: - “O que eu estou sentindo?”.

Pessoas lunares tem o rosto de Lua, mesmo que geometricamente não seja assim, e principalmente quando encharcadas de lágrimas, tudo arredonda e escorre.

Não se feche, não se tranque, não mergulhe em sua couraça. O universo está atento às suas necessidades, se você puder dar uma dica de quais são elas.

Nem todos estão equipados com sua poderosa intuição, que capta no ar as sutilezas invisíveis a nós, simples mortais. 

Experimente! Existem sim, colos disponíveis para embalar suas correntezas e também te deixar livre para crescer.

Mônica Bergamo

OLHA PRÔ CÉU MARTE EM TOURO





OLHA PRÔ CÉU
MARTE EM TOURO

E o Universo vai se autorregulando em seus diferentes ritmos. 

O Deus da Guerra deixa Áries e entra em Touro.

Tudo aquilo que era “para ontem” ganha paciência e tempo.

Em Touro a vida é saboreada, assim como as decisões. Nada é para já.

Este saborear a vida implica em cuidados com você, em providenciar confortos que aqueçam a alma e tornem as coisas mais convidativas.

Embora a energia taurina seja essencialmente prática, é preciso um pouco de maciez e bons aromas para que não perca sua tranquilidade.

A energia taurina enrola o que pode, mas quando se decide, seus passos são firmes.

O foco também não virá na primeira respirada porque lá dentro um mix de irritação e aceleração ocupa espaço.

Enquanto não for capaz de se sentir com o humor mais sereno não bata de frente, pois onde não há ainda capacidade de entendimento, o solo é minado e explode.
Mônica Bergamo

OLHA PRÔ CÉU Quinta, 14 fev. 19








A Lua segue em Gêmeos, o que significa que a energia da curiosidade, do fala para cá e observa para lá, tudo junto e misturado, trocando impressões e informações, continua em alta.
Emocionalmente também há troca, mas uma coisa assim meio solta, como se não se encaixassem em um contexto maior, meio non sense. Acontece nas melhores tribos! Uma coisa aqui, outra ali, conectado com o que sente mas fazer o que com isso?
Talvez nem importe. Tantas vezes tentamos decodificar o que não é traduzível e dá na mesma. Ou seja, conecte-se ao que vai dentro.  Tem coisa que a gente não entende nem com reza brava!
É assim, tudo parece inocente como um passeio pelo parque em plena Primavera, mas, por baixo dos panos o que se quer é controle, rédeas nas mãos.
Tente compreender esta necessidade. Para que camuflar? Proteção?  O desconhecido dá medo? Pode bem ser, mas e daí? Vale se recolher e deixar de viver o que está aí bem pulsante?
E não se iluda. Estas proteções são daquelas bem made in Paraguay. Num guentam o tranco da verdade.
Chegará o dia, que os anjos digam amém, que com muito esforço, mas também com muita alegria, jogo de cintura e humor, poderemos ter clareza e nos comunicarmos, sem meias palavras ou intenções.
Mantenha a calma, isso faz muita diferença, sempre.
Siga tentando, também estou nessa. 



OLHA PRÔ CÉU Quarta, 13 fev. 2019









OLHA PRÔ CÉU
Quarta, 13 fev. 2019

Marte se despede de Áries e dá aquela última chegada em Urano, o mais próximo que pode.
Então, no cardápio ainda podemos contar com aquele estopim curto, surpresas, agressividade, energia elétrica e nervosa.
Pela manhã a Lua em Gêmeos dá o ar da graça o que alivia e muito o contato com o outro, a possibilidade de falar de coisas que interessam a muitos com humor e boas sacadas.
Cole na sua sensibilidade antes de deixar o caldo entornar por causa de comunicação truncada. Ponha-se no lugar do outro, ponha-se no seu lugar, no sentido de perceber suas necessidades e pegar com eficiência as questões que surgem, mas com delicadeza.
Na bruta, como dizia uma amiga, nada feito.
É uma missão, eu sei. Se sei.
Mônica Bergamo

OLHA PRÔ CÉU MERCÚRIO EM PEIXES até 17 abril.








OLHA PRÔ CÉU
MERCÚRIO EM PEIXES até 17 abril. Em março fica retrô mas falaremos disso mais para frente.
Mercúrio passeia por Peixes e a palavra vira poesia que se movimenta com pés de pato.
A comunicação torna-se doce, vaga, meiga, mais sugere do que informa. Pira e inspira. Faz conexões impensadas, absurdas a princípio, mas que podem conduzir a uma clareza sem igual.
Visualiza pensamentos e memórias, sua imaginação é ativa e sua capacidade de “fotografar” e arquivar em sua mente o que captou é incrível.
Intuição a milhão, capta no ar humores, estados de espírito, pensamentos. E vira esponja, pois a capacidade de separar o joio do trigo não é tão boa assim.
A lógica passa longe e as percepções se dão por canais inconscientes e fluidos.
Não há muita firmeza nas decisões e comunicação em si, sonha até enjoar, pode ficar muito em seu canto, conversando com suas caraminholas.
Assim sendo, toda atenção é pouca ao firmar contratos e intenções.
De resto, “faça amor não faça a guerra”.
Mônica Bergamo

OLHA PRÔ CÉU Sexta, 08 fevereiro LUA EM ÁRIES










OLHA PRÔ CÉU
Sexta, 08 fevereiro.

A Lua atravessa Áries e impetuosidade poderia ser o seu nome. 

Nada vem suave, não existe meio termo!

Ficamos entre a cruz e a caldeirinha, entre a contenção e o “dá licença que eu já passei”.

Paciência é algo para ser cultivado com carinho hoje.

O imediatismo seria um tiro no pé mesmo que não falte energia para sair fazendo o que deseja sem a menor reflexão.

Sim, não falta vontade de ser e acontecer, causar até, mas não seria uma boa escolha.

O lugar da língua neste momento é quieta e dentro da boca. Nada de golpes faixa preta mostrando as garras pois a comunicação sairia bem prejudicada.

O desejo é agir assertivamente sobre determinadas situações, sair fazendo. Mas romper limites sem responsabilidade é furada. Tente pegar carona com a razão.

Contenção demais, me dá até um treco. Mas do contrário, é típico dia daquele castelinho de cartas que ao menor sopro, desmancha.

Mônica Bergamo

OLHA PRÔ CÉU SEXTA, 8 FEVEREIRO.








OLHA PRÔ CÉU
SEXTA, 8 FEVEREIRO.

Até a tarde, a Lua segue pelos Peixes mas em seguida começa sua travessia por Áries.
Peixes é fim de ciclo e Áries, começo.
Cada signo tem 30 graus.
Quando um planeta percorre o ultimo grau do signo em que está, portanto, trata-se de uma finalização.
O asteróide Quiron, vai pelo ultimo grau de Peixes.
Quiron é o curador ferido e neste momento é mais que a hora de elaborarmos lutos, porque logo mais em Áries, Quiron vai ganhar um tônus completamente diferente.
A ferida que não foi fechada, vai ter que sarar pelo caminho mesmo, tomando vento.
A pressa de achar um ninho/porto seguro é um grande chamado. Ouça com atenção.
Urano também a 29 graus de Áries acende raios e trovões libertários mas já mirando o tempo de novos valores que chegam, estremecendo o que parecia, santa ingenuidade, liquido e certo.
O que, é liquido e certo? Me diga, porque eu não sei.
Tenha em mente uma palavra: autoconhecimento.
Invista aí, amplie sua consciência e ganhe liberdade para fazer suas próprias escolhas.
Astral não falta para mirar o horizonte em busca de situações viáveis para que se construa o que faz sentido para o nosso estar no mundo.
Mas não vá pensando que é qualquer solução que ganhará terreno por aqui não.
Jupiter em Sagitário pode galopar, confraternizar com o Sol, mas sem o aval do povo de Caprica no céu, nada feito. Saturno, Plutão e Vênus aí, almejam é maestria!
Mônica Bergamo

OLHA PRÔ CÉU Quinta, 07 fevereiro











OLHA PRÔ CÉU
Quinta, 07 fevereiro.
A clareza, sempre é a melhor opção, por mais incômoda que possa ser.
Mesmo quando tudo não é tão organizado dentro da gente. Expor inseguranças, incertezas também é fértil, humaniza.
Sensibilidade à flor da pele, mas ao mesmo tempo não é algo que escoe. Existe possibilidade de estabilidade, sim. De sustentação para o que criarmos e uma nova organização.
Abrir novas frentes, expandir, alargar horizontes! Pode parecer estranho o que vou dizer, mas traga o seu mundo interno para perto de você, invista em criar a vida do seu jeito.
Dê um gás extra, alguns momentos estão finalizando e é preciso abraçar o ar fresco que rege o novo!
Após tantos trancos e aprendizados, quem continua igual?
É preciso uma atualização em relação a nós mesmos.
Mônica Bergamo

Olha Prô Céu Quarta, 06 Fevereiro






Olha Prô Céu
Quarta, 06 Fevereiro.

A Lua flutua até Peixes bailando em harmonia com a Senhora dos Amores e do belo. Tipo de um bálsamo para as relações em geral, assuntos em relação ao feminino também fluem bem assim como com tudo o que querer inspiração.
O que tende a nos ocupar é uma revisada no que já foi e ao mesmo tempo planejarmos o que desejamos. O importante é não confundir a olhada no passado com ficar aprisionada lá. Porque para seguir em frente precisamos dar aquela finalizada, certos de que fizemos o que pudemos fazer e agora é para frente! Deixar restos para trás impede o fluxo energético do que está chegando.
Um pé em cada canoa é distensão dolorosa.
Administrando isso, inclusive entrando em contato com o fato de que perfeição não existe e o compromisso é com o esforço e não com o resultado, desde que se faça o melhor, cria-se um novo movimento.  
Em busca do quê? Principalmente segurança emocional. Porque ninguém merece ficar nesse limbo, fazendo hora extra.
Mônica Bergamo

#MartetensãoNodoNorte
#MartetensãoNodoSul
#LuaharmoniaNetuno
#LuaharmoniaVênus
#LuaPeixes
#passado
#futuro
#inspiração


OLHA PRÔ CÉU - LUA EM AQUÁRIO 04 fev.








OLHA PRÔ CÉU
LUA EM AQUÁRIO
Ouse o diferente, o que sempre ensaia, mas não faz. Por ser em relação a qualquer coisa, sentimentos ou vida concreta.
Conecte-se com o seguinte fato: até podemos ter uma existência recolhida e fazermos a nossa parte. Mas somos parte de um todo e cada ação gera energia que sai do individual e acaba indo para o coletivo. 
Não saia de qualquer jeito, fazendo o que te dá no impulso. Dê uma respirada, planeje um pouco que seja, apoiada no bom senso.
O mundo é grandão e nele cabe muita coisa. Inclusive as parcerias menos prováveis que você formar.

OLHA PRÔ CÉU Sábado, 02 Fevereiro.



OLHA PRÔ CÉU
Sábado, 02 Fevereiro.
A Lua se enluara toda para  o Senhor dos Oceanos e o resultado é mais empatia e corações dispostos, obrigada Universo.
Também abraça o Senhor do Tempo e o Senhor dos Mundos Subterrâneos, mas aí a música é outra. Gera desconfortos por um lado, mas no sentido de nos dar um toque para promovermos e investirmos no que pode ser base para todo o resto.
Mas o dia caminha e certa irritação pode acontecer quando o céu escurecer. Por outro lado, corações se abrem com ainda mais despojamento.   Melhor estar com a atenção nisso do que morder a isca da irritação, concorda?
Então, vai lá, não passe a VIDA pensando, use sua liberdade, sua sabedoria, suas melhores intenções, torne isso uma prática e ponha-se a entender que diferenças não são necessariamente incompatibilidades. Que existem, sim, infinitas possibilidades a serem construídas.
Podem não ser óbvias. Mas você tem olhos, coração, pele e intuição.
Coloque na roda!
#VênusharmoniaUrano #LuatensãoMarte #LuaharmoniaNetuno #LuatensãoSaturno #LuatensãoPlutão #amores #relacionamentos #possibilidades #coração #intuição

ATÉ 10 DE FEV. MERCÚRIO ATRAVESSA AQUÁRIO






OLHA PRÔ CÉU
ATÉ 10 DE FEV. MERCÚRIO ATRAVESSA AQUÁRIO

Mercúrio é o planeta da comunicação, da transmissão das ideias. Cuida dos processos de pensamento e é regente de Gêmeos e de Virgem. Mitologicamente é representado por Hermes, mensageiro entre deuses e homens, entre céu e terra.
 Como é que sua energia influencia o raciocínio e a capacidade de comunicação? Que tipo de pensamentos estarão acentuados? Qual o foco?
Em primeiro lugar, considere colocar na roda o que ainda não ousou expor. Dispa-se dos pré-conceitos, inclusive em relação a si mesmo. Dê conta de suas ideias aparentemente incompatíveis com o que rola socialmente. Vai surpreender? Sim, mas e daí? Quando Mercúrio está em Aquário, o mínimo que se espera é que abra sua mente e se abra para novas experiências.
O que é valor individual ganha contornos coletivos. Interessa menos o universo particular e passa a interessar com mais força o que é verdadeiramente amplo e que pode considerar a vida para além do próprio umbigo.  Não desassossegue à toa, existe certa estabilidade aí.  Conseguirá organizar sua mente e não faltarão horizontes para isso.
Os grupos de trabalho e as amizades estarão em alta! Invista nesses assuntos, tire outros da gaveta. Afinal, por que não?
Renove sua mente, simples assim.
Mônica Bergamo
Astrologia





Olha Prô Céu Terça, 22 janeiro.






Olha Prô Céu
Terça, 22 janeiro.

Vênus e Júpiter entrelaçados no fogo de Sagitário.

Os deuses do universo estão evidentemente acolhedores e atentos aos sussuros do bem querer.

Passeie seus amores por seu mundo.

Passeie e desfrute.

Tudo o que cabe na sua alma é abençoado.

Coloque-se em estado de oração e fé.

Ouse desejar.

Mônica Bergamo

OLHA PRÔ CÉU THE DAY AFTER







OLHA PRÔ CÉU
THE DAY AFTER
Dei o apelido de chega de mimimi para este Eclipse que ocorreu na madrugada.
Explico: é preciso colocar os pés no chão, caso queira voar depois. Se acha que vai poder sair voando sem estrutura, coloque realidade em seu pensamento, isso não vai acontecer. Ou melhor, até pode se lançar aos voos, mas a possibilidade de se enroscar no meio do caminho é grande.
Fazer do seu jeito terá pouco sucesso se não considerar o entorno. O trabalho agora é singular e plural, dentro e fora, eu e o outro.
Contemplação do próprio umbigo, de preferência não mais.
É quase uma questão pedagógica, de educação mesmo. De ampliar consciências e mudar hábitos.
Este é um bom momento para refletirmos sobre as situações em que nos colocamos (sim, porque mesmo quando pensa que foi o outro que te colocou em determinada roubada, quem permitiu foi a sua/nossa inconsciência).
Dê uma chegada ao espelho, no gravador. Se veja, se ouça. Causou estranhamento esse contato com você? Pois causa mesmo. E ao contrário do que possa imaginar, isso não é ruim. Porque por trás disso existe uma ação, um movimento de quem quer encarar este desafio e investir em si.
Até os selfies da vida podem ser aproveitados se tirar espontaneamente uma foto da sua imagem pega de surpresa. Repare no seu olhar, na sua postura, na boca tensa ou relaxada.
É cada susto! O corpo fala, assim como o tom da nossa voz conta histórias, a pressa ou a lentidão com que nos comunicamos também.
Precisamos nos ouvir, nos conhecermos a fundo e pegar gosto por esse imenso mergulho, que pode nos apresentar outro lugar para o qual estamos prontos para ir dentro e fora de nós mesmos.
Chega de mimimi. Vamos fazer o que é preciso, se não sabe o que precisa fazer, descubra.
Existe poesia na realidade, pode apostar.

ECLIPSE LUNAR TOTAL 21 JANEIRO 2019 às 03h14m


OLHA PARA O CÉU
ECLIPSE 
LUA CHEIA + ECLIPSE LUNAR TOTAL + SUPER LUA DE SANGUE
21 janeiro 2019


O ponto máximo do Eclipse ocorrerá às 03h14m horário de Brasília aos 0º51’ de Leão.
O eclipse lunar será completamente visível nas Américas do Sul e do Norte e em partes da Europa e da África.

Fenômeno astronômico que envolve o Sol, a Terra e a Lua, os eclipses lunares ocorrem sempre na Lua Cheia. 

A face visível da Lua fica escurecida pela sombra da Terra, que fica justamente entre o Sol e a Lua. É um momento em que Terra, Sol e Lua estão alinhados.

Por conta da maior aproximação com a Terra teremos também uma Super Lua de Sangue. Ganha este nome por conta dos raios solares que incidem na Lua após atravessarem a atmosfera terrestre. Assim, a Lua é iluminada com a cor avermelhada.
Conhecida na Idade Média como a Lua de Sangue de Lobo, por causa da Lua Cheia do mês de janeiro, que coincidia com os uivos dos lobos nas noites de inverno, no hemisfério norte. Uh!

Quando a Terra lança sua sombra projetada sobre a Lua, esta vai perdendo o brilho, deixando de receber a luz do Sol, fator que provocava toda a sorte de crenças negativas, desde os primórdios.
Tudo o que envolve a Lua sempre foi relacionado com rituais de magia e de fertilidade, da terra provedora e responsável pela nutrição de seu povo. Felizmente, nos tempos atuais este fenômeno é compreendido através do pensamento e linguagem simbólicos.

Este eclipse é o último da série de eclipses no eixo Leão-Aquário que começou em fevereiro de 2017. Tente se lembrar do que estava vivendo nessa época! Este eclipse finaliza o que foi remexido neste período. Pode trazer incômodos? Pode.  Pode trazer libertação? Deve! Invista nisso!

Quem potencialmente sentirá mais? Quem tiver Sol, Lua, Mercúrio, Vênus e/ou Marte entre os zero e cinco graus de Leão, Aquário, Touro e Scorpio.

Dependendo de qual lugar do Mapa acontece o evento celeste ele se fará sentir com mais ou menos intensidade. Que área da vida será a mais exigida depende de qual casa que o eclipse cair.

O eclipse passa um gigantesco rodo na vida de cada um, dá até para dar uma alucinada com essa imagem.  Simplesmente sai limpando o que não tem mais vitalidade dentro e fora de nós. 

Os eclipses encerram e inauguram situações. Quando for preciso alavancar e tudo estiver pronto, alavanca de fato!

No eclipse, quando a luz se torna ausente, é uma oportunidade para entrarmos em contato com o nosso mundo interior.

Os eclipses lunares são emoção na veia, nos alinhavando com o que corre em nossas mais profundas entranhas.

Ele sempre mostra alguma coisa. E com isso estimula a resolução de situações que precisam ser definidas.

Várias situações poderão ser superadas se houver consciência. 

Coloca sim o dedo na ferida, para que se lembre dela, para que não se acostume a ela, e te relembra do que você pode abrir mão. E seguindo este fluxo vital, abandonando o que não representa mais saúde dentro de você, a cura se aproxima. A princípio meio tímida, mas depois notando que é bem recebida, se sente mais à vontade e mostra sua capacidade de regeneração e renovação.

O Eclipse vai revelando o que está oculto ou o que vai se insinuando aos poucos.
O passado pedindo para ser revisitado, fervendo em fogo baixo...
O que for sólido, não sofrerá maiores abalos. Porém, o que não estiver fincado em alicerces firmes, sentirá os tremores desta energia que exige transformação.
Cuide da maneira como se expressa, invista na melhor maneira de se fazer entender emocionalmente.

A tendência é nos agarrarmos ao conhecido (quem nunca?) e ao que oferece maior zona de conforto, mas não é isso que vai te trazer o que de fato precisa. O que está sendo pedido é que o passado que não tem mais força vital possa ir embora. Permita que ele seja levado pela correnteza, confiante na capacidade de vencer seus medos e mudar aquilo que sabe ser preciso, simplesmente porque já não pulsa mais em sua vida.

Defina prioridades, olhe de frente para as contradições, permita-se olhar e ver. Poderá sentir também a sua força criativa abalada e uma súbita inflação do ego como pura defesa daquilo que parece escapar das suas mãos.

Tudo o que envolve a Lua mexe muito com nossas lembranças passadas, trazendo à tona assuntos que não ficaram bem resolvidos. Mas o eclipse é uma oportunidade para olharmos em direção ao futuro e novas possibilidades, já que a partir de novas escolhas poderemos trilhar também novos caminhos.

As reações ao eclipse são imprevistas. Ele pode deflagrar uma crise e termos que lidar com ela como que numa situação de emergência onde mudanças imprevistas podem nos obrigar a tomar atitudes que adiamos.

Podem acontecer situações pontuais, nevrálgicas e exigentes, urgentes em que o mínimo que se pode fazer é uma corajosa e honesta reavaliação tendo em vista uma mudança real que está nas mãos de cada um de nós.

Eclipses podem ser como um raio de consciência que traz à tona conteúdos importantes para serem trabalhados e integrados na nossa vida. É um momento de reflexão e convida à interiorização, a entrar em contato com aquela parte que desconhecemos ao nosso próprio respeito, a nossa SOMBRA, que nos faz agir automaticamente, inconscientemente. O Eclipse pode trazer nova luz e autoconhecimento!

Aquela coisa morna, cheia de questões a serem examinadas de perto, mas adiando sempre e fervendo baixinho, ninguém merece.
Pé nas suas estradas para criar novos caminhos!

Aqui, as polaridades ficam muito claras: Leão é o Eu, o Ego, a força criativa, a identidade, a conexão com a sua essência, é agir com coragem e também se paralisar no medo.  Aquário é liberdade, o coletivo, o amor universal, a maneira original com que faz as coisas, inovação, futuro.

Os sentimentos chegam através de ondas grandes e intensas e daí para a explosão é só uma mínima distração e pronto. Concentre-se neles e nos seus objetivos. Atenção com decisões e atitudes implosivas e explosivas.
O mundo ferve, dentro e fora.

Mônica Bergamo