ANO NOVO ASTROLÓGICO 20 Março 2019, às18h58m horário de Brasília






ANO NOVO ASTROLÓGICO
20 Março 2019, às18h58m horário de Brasília

Dia e noite se equilibram tendo exatamente a mesma duração. É o Equinócio, é o início de um novo ciclo a zero grau de Áries.
O universo nos pede ações inovadoras e tentativas incansáveis com o intuito de zerar pendências. Pede tolerância e entendimento. Consigo mesmo e com o outro.
Nada de ficarmos dando tiros no pé por impulsividade, preguiça ou falta de investimento em si. Acredite, não é uma boa escolha, mas se precisa desta experiência, vá em frente.
Dois mil e dezenove vem como um ano de muitas transformações tanto a nível pessoal quanto coletivo, tudo em plena efervescência. Foi esparramada uma lente de aumento no mundo desde os últimos anos, e tudo foi sendo revelado, tentativa de reestruturação do que não faz mais sentido.
Mesmo para quem flertou com a intenção de adiar a resolução do que já era mais do que inadiável, não está sendo dada esta opção. Nem com todos os óculos de lente cor de rosa do mundo, seria possível não ver o que estava confortavelmente escondido debaixo do tapete, pipocando urgências.
Não foi dada a opção de uma pílula mágica qualquer para acalmar os nossos medos. A única opção foi o enfrentamento. Ou os efeitos colaterais de quem deixou a própria energia paralisada.
E 2019 segue.
Como é que você vive? A sua prática corresponde ao que internamente acredita?
Neste último dia de reflexão do Ano Astrológico de 2018 que estamos encerrando, selecione as metas nas quais vai focar com determinação e persistência e projete aí seus desejos e necessidades para 2019.
Cada um de nós tem a “sua chuva forte” para atravessar. Não paralise no conflito e nem na reatividade e sim deixe fluir com a aprendizagem, com os vínculos que vão se formando, com a vida que se renova. 
Dois mil e dezenove flui a partir do que foi aprendido anteriormente. Falta muito, sempre faltará, mas necessidades se renovam e assim vamos espiralando rumo a um maior desenvolvimento.  
É preciso enterrar nossos mortos, deixá-los ir e desbravar o nosso mundo num movimento que é de dentro para fora, com ações concentradas e focadas no enfrentamento de desafios.
Eu me sinto grata pelos ensinamentos e pela possibilidade de fazer de tudo para compreendê-los. Mesmo fechando o ano com MUITOS pontos de interrogação.
Ninguém está dizendo que é fácil, não passa nem perto disso, mas é VIDA e a nossa possibilidade de desenvolvimento é imensa. Lembre-se disso quando o caminho parecer árido e mal humorado demais.
Comprometa-se com o bem estar da sua alma, do seu coração e do seu corpo. Fertilize os seus sonhos!
Abra bem as janelas da sua alma, procure pelo mais claro entendimento e pela esperança.
Pés no chão, cabeça nas estrelas, seguimos!
Feliz Ano Novo Astrológico!
Mônica Bergamo




Estava aqui pensando, na companhia de estrelas interiores, nesse esquenta para o Ano Novo Astrológico (20 março).  E veio a ideia de que talvez fosse interessante darmos uma passeada pelos planetas cujos trânsitos são longos e que além de nos afetarem pessoalmente, afetam coletivamente.
Dependendo da área de experiência de seu Mapa (Casa), em que o signo que o planeta está atravessando toca, esta área será mais exigida através dos assuntos pertinentes ao Trânsito do “Planeta x no Signo Y”.
Já falei sobre eles quando entraram nos signos que ocupam, mas vale o recuerdo, pela sua importância.

URANO EM TOURO

2018/2026.
Este será o ciclo de Urano em Touro.
E obviamente que tudo o que for dito sobre isso terá todo este tempo para se desenvolver e manifestar.

Falei sobre isso quando começou sua travessia lá em 2018.

Urano caminhou, depois retrogradou até Áries e a partir do dia 06 de março definitivamente entrou em Touro e aí permanecerá até 2026.

Assim sendo, vale aqui uma repaginada na memória, para que cada um possa introjetar estas informações, que neste percurso ganharão a forma de vivências,  de experiências de fato. Mesmo que deseje, impossivel se isolar de todo este processo.

Urano em Touro fala com o coletivo.

Assuntos a serem revirados: o significado de sucesso, o modelo de trabalho e consequentemente sustento. Inclusive do que nos alimentamos e não apenas sustento no sentido de recursos financeiros.

Até outro dia, havia uma listinha básica de itens que se devidamente preenchidos, significava que estava tudo nos conformes na vida da pessoa, futuro praticamente garantido se não fizesse muita besteira.
Hoje, o que era considerado estabilidade, sumiu, escafedeu-se.

Isso nos obriga questionamentos a respeito de nosso propósito, de como viabilizar o viver, como criar novas combinações a partir do que temos, feito caleidoscópio.

Urano existe para tirar a sacudir a estabilidade vigente, estimular a criatividade em busca de novas soluções.

Olhem só: em 2020 o céu estará muito capricorniano. Muito. E isso vai balançar estruturas politicas, economicas e a nivel pessoal impactaremos a partir das consequencias de tantas mudanças.

E durante os próximos sete anos, o rodo será passado em tudo aquilo que parecia eterno, congelado, impossivel de sofrer modificações. Renovação!!!

Somos convidados a encontrar outras maneiras de viver.

O que consumimos? Qual a atitude diante desta consciência? Sim, todos sabemos os venenos que ingerimos e que em outro momento era festejado como praticidade e modernidade.

Precisamos de tantas coisas? Nos acomodamos em relação ao consumismo e hoje, cada um da sua forma, é seu escravo. Questionamos de verdade nossas necessidades ou passamos rapidamente sobre este assunto.

Pensarmos fora da caixa é urgente!

Para ilustrar: a ultima vez q Urano visitou Touro foi durante a Segunda Guerra Mundial. E aconteceu o que? Mudou tudo! Mulheres passaram a segurar a economia familiar, começaram a fazer parte do mercado de trabalho enquanto os homens estavam longe de casa, na guerra.
Touro é modelo tradição? Sim. Mas na hora do vamos ver, de sustentar os seus o que é que vale? Vale tudo, ou quase tudo. Quebrar regras custa pouco diante da necessidade, desde que o mundo é mundo.

Mônica Bergamo








Estava aqui pensando, na companhia de estrelas interiores, nesse esquenta para o Ano Novo Astrológico (20 março).  E veio a ideia de que talvez fosse interessante darmos uma passeada pelos planetas cujos trânsitos são longos e que além de nos afetarem pessoalmente, afetam coletivamente.
Dependendo da área de experiência de seu Mapa (Casa), em que o signo que o planeta está atravessando toca, esta área será mais exigida através dos assuntos pertinentes ao Trânsito do “Planeta x no Signo Y”.
Já falei sobre eles quando entraram nos signos que ocupam, mas vale o recuerdo, pela sua importância.

- SATURNO em Capricórnio
20 de dez. 2017 a 21 de março de 2020.
Em 22 março entra em Aquário e permanece até 01 de julho. E vai retrogradando e ficando direto, até 17 dez. 2020 quando entra definitivamente em Aquário.

Saturno está em casa, pois é o planeta regente de Capricórnio.  
Mal compreendido, temido, mal falado, Saturno tem fama de acabar com as nossas esperanças. Mas será que é mesmo a personificação de tantas coisas consideradas malditas e cruéis?  

Saturno, acreditem, recompensa os esforços realizados. Não quer saber de teorias e filosofias, quer a experiência prática. Saturno, o Senhor do Tempo, o Senhor do Karma, o Senhor da Vida e da Morte, o Pai Cósmico, aquele que não hesita em nos confrontar com os próprios limites e não afrouxa seu punho de aço enquanto não nos esforçamos ao máximo para superar dificuldades de toda ordem. 


Saturno é o dono da foice. O que deixou para trás? O que não investiu com o esforço que era esperado? Em compasso vagaroso, exige muitos ensaios e extrema paciência até que o aprendizado reservado a cada um de nós, através do seu olhar severo, aconteça. Saturno deseja que possamos semear e colher. 


Crescer e amadurecer no mundo concreto e espiritual, nos tornarmos responsáveis a qualquer preço, custe o que custar. Saturno nos convida a identificar nossos impedimentos, refletir profundamente sobre eles e mergulhar no que a experiência nos oferece. Se for ou não doloroso, esta não é uma preocupação deste Pai severo e nem o torna mais suave. Ele está interessado, isso sim, é na lição a ser apreendida. Podemos fazer diferente? É claro que sim, afinal, de que serve o livre arbítrio? Mas nos recusando a sair da nossa zona de conforto, estaremos perdendo uma imensa e libertadora oportunidade de nos confrontarmos com nossos fantasmas particulares, que alimentamos justamente com aquilo que mais tememos: o nosso medo. 


Qual é o seu temor? Em que área da sua vida sente mais necessidade de manter as coisas na rédea curtíssima? Qual a sua maior vulnerabilidade? Saturno é terra firme, mas muitas vezes, ressecada e endurecida. Saturno, precisa do recato, do passo a passo, da segurança, resiste bravamente a ousadias e acima de tudo, ensina. Saturno não admite que não se cumpra o dever, que se fraqueje porque não usamos todos os nossos recursos, exige maturidade e responsabilidade, paciência, disciplina e perseverança, no mínimo. Mas conhecendo-o melhor, você pode olhá-lo com bons olhos. Basta que se lembre de que é ele quem consolida projetos, que aplaude o que é bem feito e durável, apreciador de tudo o que é sólido. Nada é descartável ou fast food para Saturno. Estimula o uso de todos os recursos, recicla até aproveitar tudo o que tem à disposição.  


O tempo, para Saturno, não trabalha contra e sim ao nosso favor, pois é ele quem determina o momento da maturação. Saturno espera competência ao lidar com o mundo material. Não sabe como fazer isso? Aprenda com seus erros, ensaie, refaça, tente mais uma vez com incansável determinação, comprometimento e siga em frente. 


Com organização, responsabilidade, disposição para servir, estruturar, investir, e se tudo for a contento, colher. Nesse meio tempo, exercite a flexibilidade, fique de olho na possibilidade de viver de maneira menos rígida, fique de olho no jogo de cintura.
É uma filha de Saturno quem vos fala. Portanto, considerem! Rs* 

Relembrando o significado de Jupiter em Sagitário. Fica até dez. 2019.


Estava aqui pensando, na companhia de estrelas interiores, nesse esquenta para o Ano Novo Astrológico (20 março).  E veio a ideia de que talvez fosse interessante darmos uma passeada pelos planetas cujos trânsitos são longos e que além de nos afetarem pessoalmente, afetam coletivamente.
Dependendo da área de experiência de seu Mapa (Casa), em que o signo que o planeta está atravessando toca, esta área será mais exigida através dos assuntos pertinentes ao Trânsito do “Planeta x no Signo Y”.
Já falei sobre eles quando entraram nos signos que ocupam, mas vale o recuerdo, pela sua importância.

- JÚPITER em Sagitário, signo do qual é regente, está “em casa”.
08 nov. 2018 a 01 dez. 2019
Seu ciclo é de 12 anos, ou seja, retornará a Sagitário apenas depois desse tempo.
Quando um Planeta retorna ao signo em que está domiciliado, ou seja, ao signo do qual é regente, ele se sente naturalmente à vontade.
Sagitário por si só é a expansão em figura de centauro, almeja o conhecimento, a abertura de horizontes seja em termos intelectuais, espirituais, tudo o interessa. Quer abarcar entendimento sobre céu e Terra. Não deseja o básico, quer muito mais.
Júpiter aí estimula esta busca seja através de estudos superiores, seja através da prática de uma nova filosofia de vida ou mesmo de uma crença. Outras culturas exercem um forte chamado! Desejo de atravessar fronteiras, conviver com outros costumes, experimentar a diversidade desse mundo de meus deuses.
Cuide dos excessos, Júpiter adora se espalhar! Cuide também das opiniões trancafiadas em dogmas. Questões políticas e religiosas precisam de flexibilidade. Até porque já é tempo de compreendemos e praticarmos que não existem verdades absolutas.  E nem relativas. Tudo depende do olhar, da experiência, do entendimento, da cultura.
Coletivamente, toca em estruturas governamentais, chamando atenção para seu funcionamento e diretrizes. Chama pela verdade e não poupa nada nem ninguém, com escândalos, se necessário for.   


OLHA PRÔ CÉU Quarta, 13 março.







OLHA PRÔ CÉU
Quarta, 13 março.
A energia produzida no dia é como uma usina!
Oferece potencia necessária para conduzirmos as próprias decisões e demais assuntos importantes.
Já emocionalmente existe como que uma bruma no dia, envolvendo de maneira pouco clara as coisas do afeto e coração.
Acesse sua intuição e o seu Eu mais profundo em busca de caminhos.
Atenção com tudo o que for “demais”. Orgulho e ironias por exemplo.
Quer ser escutado?
Proponha-se verdadeiramente a escutar também.
Quer atenção?
Esteja disponível também.

OLHA PRÔ CÉU Sexta, 08 março.







OLHA PRÔ CÉU
Sexta, 08 março.

Tem hora que bate aquele banzo, vontade de fazer nada, mesmo com mil coisas a serem resolvidas.
Caso esteja assim hoje, faça um micro ou macro esforço e aproveite a energia da Lua em Áries para cuidar de pendências ou dar novo rumo ao que está estagnado porque sem sentido. Vire este jogo!
Poderá perceber outro significado nas coisas que estavam assim meio letárgicas e encontrar motivação para movimentar o que precisa.
Quando se percebe que dependendo do olhar as coisas  podem mudar de sentido, aí ganhamos um novo entusiasmo para agir.
Sonhe, planeje, realize.

#LuaÁries #fazer #ação #realização #Saturno #Netuno #sonhos #motivação #MônicaBergamo #Astrologia


OLHA PRÔ CÉU QUINTA, 07 MARÇO.









O céu tá Peixes que só ele!
Sol, Lua, Mercúrio, Netuno.
Conte com superlativos emocionais, existe uma tendência bem presente para isto. Mas ao mesmo tempo, é possível renovar o fluxo da energia. Assim sendo, desgasta de um lado, repõe do outro. Mas é claro que isso não é uma condenação. Saber como estará o céu serve justamente para administrarmos estas influências.
Atenção com a comunicação, que está delicada como Peixes. No início da noite a Lua entra em Áries e aí é outra história.
Soltar velhos hábitos, automatismos, agarrar bem agarrado o novo. Ter olhos para ver. Criar esta pré-disposição para verdadeiramente enxergar.
#LuatensãoJúpiter #LuaharmoniaPlutão #LuaharmoniaMercúrio#LuaemPeixes #LuaemÁries

Arte Dara Petrilli

OLHA PRÔ CÉU Quarta, 06 março. Váaaaarios eventos celestes.







OLHA PRÔ CÉU
Quarta, 06 março.
Váaaaarios eventos celestes.

- Pergunta:
Qual tem sido a repetitiva tarefa atribuída a nós?
- Resposta que deve ser adaptada, com as devidas variações, conforme a dinâmica de cada um:
Avalie o que ainda tem serventia na sua vida, firme o pensamento em termos de organização e estrutura e desapegue do que não tem mais a acrescentar aí. Revendo cada um dos seus valores e conectado com sua fé.
E como é que o céu tem nos dados e nos dará ainda mais elementos para podermos exercitar o cumprimento deste propósito?

- Estamos diante de mais uma LUA NOVA, que é o tempo de lançar novas sementes ao solo com suas intenções e acompanhar seu desenvolvimento até a colheita na próxima Lua Cheia.
Esta Lua se fará Nova às 13h05m (horário de Brasília) e acontece no signo de Peixes cujo foco é o desenvolvimento da espiritualidade, o exercício da compaixão, da empatia. Respire arte, tente organizar-se internamente a partir da observação de uma pintura, de uma escultura, de um filme, de uma música. Anote suas percepções! É um rico material a ser agregado a este processo.
Peixes, diz respeito aos sonhos que fazem sentido para a nossa alma.
Como tem estado diante dos seus? Acesse este reservatório, olhe para eles, lembra-se quais são, tem investido neles? Até o dia 04 de abril, isso poderá ser sentido com muita força.
- Urano entra de vez em Touro, após suas idas e vindas em Áries. Aí permanecerá por volta de sete anos, até abril 2026.  Inicia-se um novo momento, estarmos de fato vivenciando mudanças no que diz respeito às nossas posturas diante de valores, emoções, maneira de lidar com os recursos que tivermos em mãos ou criarmos, e entendimento espiritual e filosófico do que é estar no mundo.
Existe tensão aí? Sim e muita! Mas ela vem para renovar, reestruturar, criar uma nova liberdade!
O cotidiano, a vida prática sofrerá modificações, resultado de todo este novo ciclo.
Como é possível imaginar, isso reverbera com intensidade no coletivo para que possamos seguir nosso caminho evolutivo.
- Até o dia 28 Mercúrio ficará retrógrado em Peixes.
Sei que esta palavra causa arrepios, mas repensem este conceito! Quando mercúrio retrograda, temos a oportunidade de dar mais uma olhada em decisões, ajustar ideias novas, rever atitudes, dar um upgrade na compaixão. Afinal, Mercúrio anda por Peixes!
Mônica Bergamo Astrologia








CARNAVAL DOS SIGNOS




O BLOCO DO ZODÍACO
Será que cada signo tem um jeito particular de cair na folia?

É Carnaval e impulsivo como ele só, Áries vai atrás da primeira movimentação que vê e só pensa em se divertir até não poder mais! Parece que o mundo vai acabar dali a algumas horas! Mas para ele não importa, quer tudo e mais um pouco
Touro almeja confortáveis camarotes. Seu sonho de consumo é aquele convite VIP, com buffet, direito à massagem e retoque na maquiagem. Nada que o faça se movimentar muito, por favor. Beijos e abraços que tanto adora, só se for na temperatura ideal do ar condicionado.
Gêmeos, disperso como é, não sabe nem para onde olhar. Quer o Carnaval na Avenida, o Bloco de Rua, o Baile no Salão, a casa do amigo para o esquenta, quer tudo. Fala com um, fala com outro, na verdade nem importa sobre o que, mas quer esse prá lá e prá cá.
Câncer faz um Carnaval em família. Por ele o porta retrato amarelado pelo tempo, com todos bem juntinhos daria um lindo estandarte! Até pode querer sair e se divertir, mas que seja com pessoas bem conhecidas e em locais em que se sinta seguro e mantenha todos à vista. Pode rolar aquele “vale a pena ver de novo”, puxando do baú as músicas que embalaram o romance de papis e mamis quando se conheceram num destes bailes da vida.
Já para Leão, nenhum abre alas é suficiente para tanta majestade. Sua juba colorida adoraria se espalhar por toda avenida e não sair dali nunca mais. Aplausos, alegria! Se nem motivo precisa para comemorar e transformar tudo em uma grande festa, imagine agora, com direito a todos os brilhos e fantasias do mundo!
Virgem arruma sua mala metodicamente, planeja o feriado e cada lantejoula. Na hora H fica analisando a concorrência, botando defeito em tudo, mas às páginas tantas e já cansado, resolve relaxar e se mostra como ninguém jamais viu. Sim, existe sensualidade e algo selvagem ali, repare.
Libra vai à Rua 25 de Março e não consegue escolher suas plumas, fica até a loja fechar e acaba indo embora sem nada. E aí entra em crise, afinal, como vai seduzir, assim sem glamour? Mas formar a parceria ideal, num local refinado e ainda arrasar na roupagem, é coisa demais para decidir.
Para Escorpião, embora a folia toda não exerça exatamente uma atração especial, a possibilidade da sensualidade correndo solta no ar, o entusiasma ao ponto de pensar numa fantasia caprichada para pelo menos uma noite de folia. Tudo isso, por trás de um jeito insinuante, mas nada óbvio. Aí é que está.
Sagitário se entusiasma tanto, que não sabe nem para onde olhar ou que turma seguir. Acaba indo atrás da multidão e mudando de bloco, pois não quer perder nada! Na verdade nem sabe para onde está ou para onde indo. O que importa é seguir o fluxo e ir se divertindo pelo caminho, com o que acontece no percurso.
Capricórnio, entediado, não vê a hora do festejo terminar. Isso porque fez um esforço gigantesco para achar graça nessa confusão toda a ponto de participar dela. Bem que tentou entrar no clima, mas ele não dura muito, há diversões outras que aprecia verdadeiramente muito mais. Não aguenta mais tanta brincadeira e espera ansiosamente pela quarta-feira de cinzas.
Aquário passou o ano todo bolando o carro alegórico mais surpreendente e inovador. Chega na hora H com os nervos à flor da pele e consumido pela eletricidade das suas faiscantes ideias! Quer sair na Avenida, mas ao mesmo tempo quer ir para qualquer lugar onde não precise seguir regras, coreografias e o tempo certo de cada etapa. Mas enquanto esse momento não chega, se diverte e pronto.
Peixes? Basta que alguém pise sem querer em sua cauda ou nadadeiras para ele ficar amargurado até o ano que vem, sentindo-se a vítima das vítimas e afogando suas mágoas no primeiro ombro amigo que encontrar, acompanhado de uma birita que torne o mundo um lugar mais encantado de se estar. 

OLHA PRÔ CÉU SEXTA, 01 Março.





A partir das 14h, horário de Brasilia, Vênus começa a sua travessia por Aquário e aí permanecerá até 26 de março.

Enquanto não entra no signo do Aguadeiro seu passeio pela Cabra com rabo de peixe dá uma repassada em algumas questões. 
Através de  certa tensão, deixa claro que é preciso mudar relacionamentos e a maneira como se lida com o $$$/valores/recursos/finanças. Capri faz tudo de maneira organizada e estrutura é uma de suas palavras chave.
E aí, Vênus em Aquário vai mudando de assunto, fazendo com que a liberdade e o respeito às diferenças seja o mínimo dos mínimos, para se começar a conversar.
Você precisa de espaço? O outro também. Aprecia a amizade e o companheirismo? O outro também. E a partir deste olhar, a proposta é que as coisas ganhem uma nova simetria, uma justa medida.
Se amar é ter clareza de que a individualidade deve ser respeitada, sentimentos como ciúmes e posse estão banidos daí.
Vênus em Aquário aprecia o singular, o original, o criativo. Não tem a menor atração pelos padrões e convenções. Aliás, elas existem para serem rompidas, não é mesmo, Senhora dos Amores, aí no signo do Aguadeiro?
Por ser uma Vênus de AR ela pensa, analisa, racionaliza, tipo amor companheiro.
Não é uma Vênus caliente, primitiva, instintiva, mas há quem goste e fique feliz assim.
Mônica Bergamo Astrologia

OLHA PRÔ CÉU Quinta, 28 fevereiro.






OLHA PRÔ CÉU
Quinta, 28 fevereiro.


A madrugada pode trazer novidades!
A Lua se encontra em seus últimos graus sagitarianos e em clara harmonia com Urano lá pelas 02h. Quem sabe um sonho revelador? Alguma ideia sensacional, um telefonema inesperado e bem vindo cuja insônia na sequencia é puro deleite mesmo que precise acordar cedo? Quem se importa com isso, pessoas?!
Por volta das 04h ingressa em solo da cabra com rabo de peixe, aquela que tira leite das pedras, Capricórnio.
E Capri sempre nos convida à seriedade, responsabilidade, foco no que se propôs fazer. O deleite, para Capri, é o processo através do esforço, dedicação a toda prova para se chegar ao resultado almejado. Essa é a recompensa.
Mas, detalhe fundamental: não é porque você se empenha mil cruzes que o resultado vá ser exatamente como espera. Não é bem assim que funciona, sei lá quem inventou esta matemática. Assim sendo, quanto mais dedicação, melhor. E quanto mais flexibilidade para aceitar as curvas do caminho, também.
Essa Lua vem buscar a companhia do Sol e de Marte e com isso vitalidade não será problema, se não se deixar levar pelo clima capri que tem esse lado mais dark.
A Lua em Capri por si só é meio quase totalmente melancólica, são dois princípios antagônicos. A Lua é redonda (metaforicamente falando), é colo, acolhimento, nutrição. Capri é a austeridade, não é redondo, é bicudo, tem arestas a serem amparadas, ali não tem colo e sim movimento, serviço, coisas a serem cumpridas.
É uma Lua “inverno”, fechada, que tenta sobreviver, que tem lembranças dolorosas de quando era ainda uma mini Lua, observando os demais e sem sentir-se no direito de pedir este colo, mostrar sua fragilidade. Então sua estratégia de sobrevivência é tornar-se eficiente, fortalecer-se e ser reconhecida e respeitada a partir daí.
Quem tem esta energia em seu céu de nascimento não estranha tanto, mas ela se acentua embora seja velha conhecida.
Quem não tem, pode revisitar tristezas, sentir-se mais vulnerável, com lágrimas prestes a cair dos zóio.
Peça colo, ele existe. E não desista até encontrar o seu.

OLHA PRÔ CÉU TERÇA, 26 FEVEREIRO. LUA MINGUA..




No início da manhã dona Lua começa a minguar. Como é um movimento de interiorização, trata-se de um tempo de rever quais foram os planos decididos na Lua Nova em Aquário, que aconteceu no início de fevereiro e se vingaram. 
Houve resultado? Pode observar e concluir o que é válido e o que não segue mais com você pelo caminho?
 Trata-se daquele momento da apreciação, de deitar na rede e se embalar com energias renovadas.
Não fique apenas em sua mente, não ignore suas necessidades físicas e emocionais. Sem a nossa “casinha em ordem” a receber o espírito, nada feito.
Pelo aspecto que trocará com Netuno, não será estranho se ficar meio com a sensação de perdido e fragilizado no espaço.
O que rola esta semana pode se resumir em responsabilidade, avaliações, conclusões.
MAS, mesmo quando está tudo favorável para que possamos caminhar, nenhum aspecto por si só tem o poder de operar milagres.
Ou seja: pela energia celeste, lindo momento de colocarmos na prática nossos sonhos, de fazer com que vinguem. Porém, será que o nosso desconhecimento dos próprios processos poderá colaborar ou embarreirar este movimento?
Quando você toma consciência de que é preciso haver comunhão entre a energia celeste e o nosso caminhar mortal aqui na Terra, aí sim pode passar a colaborar para abrir o caminho.
 O céu não para!
O Sol em paz com Marte coloca o samba na Avenida, a Deusa do Amor caprichosa se organiza para ir terminando seu ciclo Capricórnio e deixar ainda sua tattoo, sua marca.  Tipo recuerdo de festa, criando saia justa com Urano e exigindo as derradeiras mudanças em relação a $$$ e LOVE LOVE LOVE, a forma como nos relacionamos. .
Aquela última chamada básica da Cabra.
Tudo no esquenta para a Lua Nova em Peixes no dia 06 de março.





OLHA PRÔ CÉU Quinta, 21 fevereiro.





OLHA PRÔ CÉU
Quinta, 21 fevereiro.


No final da manhã a Lua começa sua travessia por Libra.
Aí está alguém que apesar de poder estar fervendo por dentro, na medida do impossível, opta por se expressar de maneira amável.
Adora o chique, precisa de companhia e dos contatos sociais. Jamais faria nada que a deixasse numa situação em que suas maneiras não fossem apreciadas.
Cheia de charme, diplomática, não mede esforços para conter desafetos.
Casadoira, tem fé na existência da tal outra metade da laranja.
Precisa do outro, da parceria, do fazer junto.
A princípio nem deseja se aprofundar muito nas relações, mas solidão? Jamais!
- Depoimento pessoal:
Acho que em nenhuma encarnação tive a Lua em Libra.

Mônica Bergamo

Arte: Catrin Welz-Stein: Only for You

OLHA PRÔ CÉU - SOL ENTRA EM PEIXES






OLHA PRÔ CÉU
SOL EM PEIXES


Peixes constrói e ancora o mundo sobre os seus sonhos.
Abraça melancolias e tudo o que parece inaceitável para a maioria, pois sabe que a alma humana é muito maior do que a nossa compreensão geralmente apressada e tantas vezes superficial pode abarcar.
Peixes é o profundo entendimento do outro, é a compaixão que flui com as águas da sua imensa sensibilidade.
O seu símbolo são dois Peixes, cada um nadando em uma direção, sugerindo a dualidade existente entre seu entendimento emocional e ação no mundo.
Peixes cria, imagina, acredita, se ilude, fantasia e sabe naturalmente que espírito e matéria fazem parte da mesma unidade e é a partir daí que pulsa o seu coração.
Conecte-se com o seu Sagrado.
Mônica Bergamo