OLHA PRÔ CÉU QUINTA, 16 JANEIRO.









De vez em quando, lembro que quanto mais as coisas se mostram difíceis, quanto mais encruzilhada se parecem, mais me dá gosto vivê-las. Porque a busca de um caminho, a entrega quando fizemos a nossa parte e o restante pertence ao grande mistério, me encanta.
O momento em que o que resta é o fluir sem saber para onde, com a confiança de que será para um bom lugar. Tenho andado por aí.
Nesses tempos, em que tudo parece tão incerto e tão no meio do caminho entre o que perdeu o sentido e o que ainda está sendo desenhado, algo me sopra que seja o que for, está tudo bem. Está o que tiver que ser mesmo se for diametralmente oposto do que me faz o gosto e me aquece a alma.
Não faltam horizontes, mas eles ainda estão nublados. Enquanto isso olhar para este momento com bons olhos é benção. Isso não significa esquecer o horror e tampouco não se indignar até o último suspiro. Significa que talvez seja mais produtivo, revigorante e pacífico dentro do próprio coração, ter paciência e flexibilidade com o ritmo que o tempo traz.  Para a nossa vida, nossos relacionamentos, nosso estar no próprio mundo e no mundão logo ali mais adiante.  Um mundo que é dentro do outro que é dentro do um.
É preciso harmonizar, focar no que crê ser correto para resolver da melhor forma possível o que parece impossível ganhar equilíbrio. Reatividade de pouco adianta, tentar transformar o que se repete sem passar perto do que considera aceitável, sim adianta. Pois cria movimento, perspectivas, questionamentos, decisões.

PS - Ando, que é só Vênus em Peixes na cabeça e no coração, pensando em quem a possui e nem sabe.
Há quem reze para tudo o que é santo e para o Universo todo, que quem a tem e não sabe disso, que descubra.
Essa que reza, sou eu. Que rezava desde bem pequena quando via a procissão passar em frente ao prédio em que morava nas férias, tendo que pedir muito e prometer muito para a minha avó Clara que me manteria no terraço, sem me debruçar, só olhando, quieta como sempre. E rezando sem saber que era isso que eu estava fazendo. Hoje, sei o que estou fazendo. Sigo parecida com o que fui desde sempre. Rezar é um estado em que permitirmos nos colocar. Rezo na água salgada sem fim, rezo na rede com minha neta no colo. Rezo enquanto simplesmente aprecio. Rezo quando vejo minha filha mãe. Rezo quando a pequena pega flores no caminho para minha mãe. Rezo saudade, rezo esperança, rezo aquele olhar, rezo desejo. Em silêncio.  E rezo para que Vênus em Peixes se faça presente.

#MercúriotensoUrano#SolCapri #JupiterCapri
#SaturnoCapri #PlutãoCapri
#LuaLibra #VênusPeixesharmoniaUranoTouro #MônicaBergamo #Astrologia #Amor #Compaixão #Perdão

Um comentário:

Sinta-se a vontade para postar sua opinão, ela é muito bem vinda!
Comentários ofensivos serão removidos.